Messi faz dois, iguala recorde de Ronaldo e Barça é campeão!

O Barcelona confirmou seu favoritismo e, com uma vitória por 4 a 0 sobre o Valladolid, no Camp Nou, conquistou neste domingo o bicampeonato espanhol. Prieto (contra), Pedro e Messi (duas vezes) fizeram os gols que asseguraram aos catalães o vigésimo título nacional de sua história.

Com os gols que marcou, Messi igualou o recorde histórico de Ronaldo, que em 1996-1997 terminou a temporada com 47 tentos (melhor desempenho do clube em todos os tempos). Só pelo Campeonato Espanhol, Messi fez 34 gols.

Outro recorde obtido foi o da pontuação do Barcelona. A equipe atingiu a marca inédita de 99 pontos. Foram três a mais do que o vice Real Madrid, que nesta última rodada não passou de empate com o Málaga (1 a 1). Com a derrota diante do Barça, o Valladolid foi rebaixado.

Um susto e nada mais

Logo no início do jogo, o Barcelona, que teve Daniel Alves titular (Maxwell não jogou) deu uma bobeada incrível e quase entregou um gol de presente ao Valladolid. Valdés dominou mal uma bola recuada e Barragán dividiu com o goleiro. A bola sobrou limpa para Manucho, que bateu com o gol vazio. O goleiro Puyol apareceu para salvar o Barça.

O lance mexeu com o time da casa, que acordou e começou a ameaçar o rival e criou diversas chances para abrir o placar. Aos 22, Messi fez boa jogada individual pela esquerda e saiu na cara do goleiro Jacobo, mas bateu na rede pelo lado de fora.

De tanto tentar, o Baça fez o primeiro aos 27 minutos. Pedro recebeu no lado esquerdo da área, gingou diante da marcação, foi ao fundo e cruzou rasteiro para o meio. O zagueiro Luis Prieto tentou salvar e mandou contra a própria rede.

Aproveitando-se do momento ruim do rival, o Barcelona foi para cima e ampliou aos 31 minutos. Messi avanço pelo meio, tabelou com Touré e deu passe com açúcar para Pedro. O atacante tocou na saída de Jacobo e correu para a galera.

No segundo tempo, praticamente campeão, o Barça fez o que sabe de melhor: tocou a bola. O time não correu risco e ainda ampliou, justamente com seu maior craque. Touré fez boa jogada pela direita e cruzou rasteiro para Messi, gol vazio, empurrar para a rede.

Quem pensou que o show havia terminado, se enganou. Ainda houve tempo para mais um gol de Messi. Aos 31, o camisa 10 recebeu bola na entrada da área, passou por dois marcadores e bateu cruzado para fazer o 4 a 0. Foi a senha para a festa no Camp Nou.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: